sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Extra - A culpa é das estrelas

Ontem compartilhei no facebook a imagem abaixo:


É uma ilustração, feita por não sei quem, dos personagens principais do livro A culpa é das estrelas, do John Green. O pessoal do Skoob que postou, perguntando qual era o trecho ou frase preferida de quem acaso já tivesse lido... Compartilhei dizendo que não podia responder ainda, porque estava só na metade do livro; mas acontece que me empolguei, e ontem mesmo acabei de ler!
Esse é um daqueles títulos que comentei alguns posts atrás que estava muito a fim de ler, lembra? Então na sexta passada foi black friday e achei que era uma ótima desculpa para comprá-lo. A garota das cânulas no nariz é Hazel, que sofre de câncer nos pulmões (algo mais complicado que isso, na verdade, mas serve); o garoto, Augustus, que ela conhece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Hazel fica furiosa com ele quando o vê pela primeira vez com um cigarro na boca, só que ele não fuma - é uma metáfora ("Você coloca a coisa que mata entre os dentes, mas não dá a ela o poder de completar o serviço"). Dizer qualquer coisa a mais sobre esse livro seria estragar a surpresa - não que aconteçam coisas surpreendentes, mas é sempre uma surpresa o quanto você consegue gostar de um livro, não?
Markus Zusak, autor d'A menina que roubava livros, afirma sobre o A culpa que "você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais", e eu não poderia dizer melhor. Meu trecho preferido? "Alguns infinitos são maiores que outros".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é muito bem-vinda! Seja legal e volte sempre ;)